quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

O Poder e a Liberdade de Expressão - A Hipocrisia dos Bem Pensantes

Há uma diferença substancial entre "poder de expressão" e "liberdade de expressão". Há pessoas que confundem a sua liberdade com o poder. Mas há que distinguir as duas coisas, porque a liberdade não é, ou não deve ser objeto de contestação, mas o poder pode e deve ser objeto de contestação. 
Aqueles que têm o poder para se exprimir, seja como comentadores, seja como políticos, não compreendem o desespero daqueles que, por não terem esse poder também não têm essa liberdade. 
É natural, é mesmo saudável que quem não tem o poder de se fazer ouvir conteste, sem qualquer preconceito, aqueles que usam o poder de se fazer ouvir, quando aquilo que ouvem é demasiado grave para ser tolerado. E é ainda mais sensato contestar o poder, incluindo o poder de falar, àqueles que, por abuso de poder, e através do apelo ao respeito pela sua liberdade, destróem a dos outros atacando os seus direitos fundamentais, atropelando, sempre que necessário, o contrato (ou a Constituição) que legitima, numa primeira linha, a própria possibilidade de usarem a sua vã glória de mandar. Senhores sociólogos e outros bem pensantes desta praça, que têm os órgão de comunicação social ao seu serviço, era bom que pensassem nisto... Bem, para variar.

Já agora, existe, em Portugal e em português, um repertório muito vasto de canções que podem ser entoadas para mandar calar aqueles que poluem o ambiente, no uso do seu poder, incluindo o de determinar os limites da sua liberdade de expressão, que a dos outros pouco lhes interessa. Essa é também uma herança do passado, como é aquela de Portugal ser um país de miseráveis, mas honrados pagadores de dívidas que, diga-se em abono da verdade, pouco ou nada têm a ver com quem é obrigado a ficar calado por aqueles que determinam, em seu próprio benefício, quem tem direito a falar.

Se os poderosos forem sensatos, o povo cala-se. Se o povo não se cala... 

1 comentário:

Jorge Barbosa disse...

Neste Blogue não são publicados quaisquer comentários, com origem em pessoas que não se identificam, ou que se identifiquem de forma a que não sejam reconhecidos.